ÁSIA/BANGLADESH - Os Bispos: perdão e misericórdia depois do atentado

Segunda, 4 Julho 2016 ano da misericórdia   terrorismo   violência   islã   minorias religiosas   direitos humanos   perdão   igrejas locais  

Daca (Agência Fides) – Abandonar toda forma de violência para abraçar o perdão e a misericórdia: é o que pedem numa mensagem os Bispos católicos de Bangladesh depois do atentado terrorista que em 1° de julho fez 20 vítimas num restaurante de Daca. “A violência em nome da religião é sempre errada. É preciso que todos recuperemos o trato de humanidade que conduz ao respeito da dignidade e da paz”, nota o texto, como refere a Fides Dom Gervas Rozario, Bispo de Rajshahi. O Bispo ilustra à Agência Fides o conteúdo da mensagem: “Condenamos a violência sem precedentes diante do terrorismo que despreza vidas humanas e convidamos todos a se deixarem tocar e transformar por valores como a misericórdia e o perdão, que são os traços autênticos de um ser humano”, nota. “Participamos plenamente do luto no qual se encontra o país e rezamos pelas almas das vítimas e por suas famílias, expressando profunda solidariedade”, prossegue o Bispo.
A pequena Igreja bengalesa (menos de 1% da população) dedicou o domingo, 3 de julho, a recordar as vítimas. “Em todas as igrejas da nação, as santas missas foram oferecidas pelas vítimas do terrorismo. E também hoje, cada comunidade local organizará um vigília de oração ou uma Adoração eucarística, para participar espiritualmente e oferecer a Deus este trágico momento”, refere Dom Rozario. "Como católicos bengaleses, o nosso trabalho de fazer bem à nação através do apostolado social, das escolas, dos hospitais e da Caritas continuará, abençoando os cidadãos de todos os níveis sociais, religião, etnia e cultura", conclui. (PA) (Agência Fides 4/7/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network
ano da misericórdia


terrorismo


violência


islã


minorias religiosas


direitos humanos


perdão


igrejas locais