ÁSIA/TURQUIA - Continua a batalha legal sobre as propriedades do ‘Catholicosado’ armênio. Aguardado um pronunciamento da Corte constitucional

Quinta, 23 Junho 2016 igrejas orientais  

Wikipedia

Antelias (Agência Fides) – O processo aberto no ano passado por Aram I, Catholicos armênio da Grande Casa de Cilícia, para obter a restituição das históricas residências e propriedades pertencentes ao ‘Catholicosado’ na cidade de Sis, não foi levado em consideração pelo Ministério da Justiça turco, mas ainda é aguardado o pronunciamento decisivo da Corte constitucional turca. Segundo publicado na semana passada pelos órgãos de comunicação do Catholicosado, o pronunciamento do Ministério da justiça que negava praticamente uma base jurídica ao processo foi expresso em 11 de maio passado. Depois daquela intervenção, a Corte constitucional deu 15 dias de tempo ao Catholicosado para apresentar recurso contra o pronunciamento ministerial. Em 26 de maio, a equipe jurídica do Catholicosado apresentou o seu dossiê, em que as considerações levantadas pelo Ministério da Justiça são abatidas como ‘sem fundamento’ e é reiterado o pedido para restituir as propriedades de Sis ao próprio Catholicosado, que agora aguarda o pronunciamento definitivo da Corte constitucional turca.
Sis, antiga capital do Reino armênio da Cilícia, corresponde à atual cidade turca de Kozan. A intenção de apresentar recurso, que se concretizou em abril de 2015, já estava anunciada em várias ocasiões pelo Catholicos de Cilícia entre setembro e outubro de 2014. “Não podemos permanecer indiferentes diante dos direitos violados de nossa nação”, disse Aram em 19 de setembro de 2015 em Erevan, durante a 5a edição da Conferência da Diáspora armênia. Como já informado pela Agência Fides (veja Fides 1/10/2014), o próprio Catholicos já disse que, se seu recurso for rechaçado pela Corte constitucional turca, o apelo será dirigido à Corte europeia de direitos humanos.
A atual sede do Catholicosado armênio apostólico da Grande Casa da Cilícia se encontra em Antelias, no Líbano. Em Istambul, tem sede o Patriarcado armênio de Constantinopla, atualmente dirigido pelo Vigário patriarcal armênio Aram Ateshian, que representa o Patriarca Mesrob II, acometido por uma grave doença. (GV) (Agência Fides 23/6/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network