ÁSIA/JORDÂNIA - Encontro de reconciliação na igreja de Zarqa, danificada durante uma briga

Terça, 21 Junho 2016 igrejas orientais  

raialyoum.com

Zarqa (Agência Fides) – Um encontro de reconciliação entre os moradores do bairro, além da obra concreta de muitos deles ao reparar os prejuízos materiais, encerrou de modo pacífico o episódio da igreja greco-católica de Zarqa, invadida na noite de sexta-feira, 17 de junho, após uma discussão de rua que degenerou em briga. Todas as pessoas envolvidas, a partir do sacerdote Jehad Ammari, confirmam que o incidente não teve nenhuma conotação religiosa e desmentem as versões distorcidas e as manipulações divulgadas em sites de todo o mundo, que apresentavam o episódio como “prova” de um presumível e crescente contágio jihadista também na Jordânia.
Os incidentes eclodiram após uma discussão entre um ambulante e um passante, depois que o primeiro disse frases provocatórias à esposa do segundo. Após a briga entre os dois, o ambulante foi chamar seus amigos, enquanto o outro protagonista da briga procurava abrigo na igreja, aonde havia uma liturgia. Já no edifício, o ambulante e os amigos encontraram a porta fechada e em represália iniciaram a atirar pedras contra a igreja e danificar automóveis que estavam estacionados na área circunstante. A intervenção da polícia levou à detenção de dez pessoas envolvidas no ataque. Na tarde de domingo, 19 de junho, os idosos da região e uma significativa delegação da população local participaram de um encontro público dentro da igreja danificada, com representantes das instituições políticas locais e das forças de segurança, para condenar unanimemente o episódio de delinquência e reiterar o compromisso comum em favor da convivência pacífica. Algumas organizações de jovens na área organizaram uma coleta de verbas para contribuir e reparar os danos sofridos nos muros externos da igreja durante as desordens de sexta-feira. (GV) (Agência Fides 21/6/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network