AMÉRICA/VENEZUELA - "A primeira preocupação da Igreja é a paz", lembra o Núncio Apostólico

Segunda, 20 Junho 2016 política   democracia   pobreza   violência  
Dom Aldo Giordano

Dom Aldo Giordano

Guanare (Agência Fides) - O Núncio Apostólico na Venezuela, Dom Aldo Giordano, sublinhou que é tarefa da Igreja buscar o diálogo no país, um diálogo para a paz e para atender as necessidades da população (veja Fides 14/06/2016). "A primeira preocupação é a paz, como evitar a violência; como ser útil quando existem tensões, como alcançar a reconciliação. Se existem problemas com o alimento e medicamentos, o Papa quer ajudar as pessoas e apoiar o bem comum", disse Dom Giordano durante sua visita a Guanare, capital da região portuguesa, em 18 de junho.
Segundo a nota enviada a Fides, o Arcebispo estava em Guanare para presidir a missa de intitulação a Santuário da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Estiveram presentes o Arcebispo de Calabozo, Dom Manuel Díaz Sánchez, e o Bispo de Guanare, Dom José de la Trinidad Valera Angulo. Dom Giordano expressou sua satisfação por essa visita ao santuário, reestruturado recentemente, onde centenas de fiéis se reúnem para rezar e ouvir a Palavra de Deus. "Tenho a honra de carregar nesta visita, uma relíquia de São João Paulo II, um grande pai da Igreja, um grande pastor universal da Igreja", disse o Núncio apostólico entregando a relíquia.
Na Venezuela aumentam ainda a tensão e nos próximos dias estão programadas manifestações da oposição contra o Governo, para pedir a convocação do referendo sobre a destituição do Presidente Maduro. Algumas dessas manifestações foram convocadas porque o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) cancelou recentemente a validade de 600 mil assinaturas recolhidas pela oposição no último referendo. (CE) (Agência Fides, 20/06/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network