AMÉRICA/CHILE - Idosos conscientes de seus direitos: um mural de seis metros para chamar a atenção

Quinta, 16 Junho 2016 justiça   saúde   cooperação  

CEC

Idosos diante do mural

Santiago (Agência Fides) – No Dia mundial da Consciência sobre o abuso de idosos, o Vicariato Pastoral Social-Caritas da Arquidiocese de Santiago reuniu ontem cerca de 50 anciãos que sofreram maus-tratos, para que em um mural de mais de seis metros, realizado por eles, pudessem expressar sua exigência de mais respeito.
Na nota enviada à Fides pela Conferência Episcopal Chilena, o responsável da Caritas Social, padre Andrés Moro, explica: “A pastoral das pessoas idosas em Santiago acompanha mais de 600 clubes da terceira idade e quer promover a consciência deles mesmos e de seus direitos. Assim, dois anos atrás, elencamos uma série de direitos que esperamos possam ser debatidos no parlamento, a fim de que se consiga elaborar a lei dos direitos dos idosos”.
O sacerdote acrescenta: “Queremos convidar as comunidades a tomar consciência de que o abuso de idosos é um prejuízo não só para eles, mas para a própria comunidade. As pessoas idosas têm muito o que dar e este mural é um sinal com o qual queremos atrair a atenção para o trabalho desempenhado por esta conscientização”.
Segundo dados não oficiais, no Chile, as pessoas com mais de 75 anos são 4% da população. O Índice de Dependência Demográfica (IDD) de 57,2 em 2005 deve chegar a 60,0 em 2020. Isto significa que para cada cem pessoas potencialmente ativas, 60 são dependentes (menores de 15 anos e adultos com mais de 60).
(CE) (Agência Fides, 16/06/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network