ÁSIA/ÍNDIA - “Tijolos da esperança” para derrotar a chaga do trabalho infantil

Segunda, 13 Junho 2016 trabalho infantil  

ILO in Asia and the Pacific

Pasahaur (Agência Fides) – Embora o governo indiano e as instituições garantam instrução gratuita e obrigatória a todas as crianças entre 6 e 14 anos e proíbem que trabalhem, o fenômeno da exploração infantil continua sendo uma das chagas mais graves do país. Pesquisas recentes, das quais a Fides tomou conhecimento, revelaram que atualmente na Índia existem cerca de 60 milhões de meninos e meninas trabalhadores ocultos, empenhados em atividades de toda natureza. Ao longo das vastas áreas agrícolas, existem zonas onde se produzem tijolos. Em Pasahaur, distrito de Jhajjar (Haryana), a cerca de 60 km de Nova Délhi, existem 500 fornos de tijolos que constituem a principal fonte de abastecimento deste material para muitas províncias do norte do país. Crianças muito pequenas trabalham como pedreiros especialistas por horas, de abril a metade de junho, sob o sol.
Entre as iniciativas para resolver o grave problema da exploração infantil na região, o Pasahaur Dom Bosco está fortemente engajado também na construção de um vilarejo no qual promover programas de sensibilização para mulheres e crianças trabalhadoras, um centro para os menores mais desfavorecidos, instrução e assistência aos mais necessitados. Dar um mínimo de instrução é um dos principais objetivos para libertar esses pequenos da exploração. (AP) (13/6/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network