AMÉRICA/PERU - Os migrantes e suas famílias no centro da Semana nacional que se conclui amanhã

Sábado, 11 Junho 2016 igrejas locais   direitos humanos   tráfico de seres humanos  

Lima (Agência Fides) - Com a missa solene na Catedral de Lima presidida pelo Cardeal Juan Luis Cipriani Thorne, Arcebispo de Lima e Primaz do Peru, às 11h de domingo, 12 de junho, se concluirá a Semana Nacional do Migrante e sua família, que este ano tem como tema “Migrantes, sinais da misericórdia de Deus”. Segundo informações enviadas a Fides, o objetivo desta celebração é promover um espaço de reflexão e tomada de consciência sobre os problemas da imigração em âmbito nacional.
A Semana é promovida em todas as circunscrições eclesiásticas do Peru, através da Pastoral da Mobilidade Humana da Conferência Episcopal Peruana, que enviou material e subsídios para a realização de atividades e eventos.
A Igreja no Peru se empenhou muito nos últimos tempos para combater o tráfico de pessoas e o tráfico de migrantes, primeiro risco que correm os migrantes em terras americanas. Por este motivo, foi revisto o trabalho pastoral neste setor, promovendo uma coordenação permanente com as instituições do governo e da sociedade civil nas regiões de fronteira, para proteger os migrantes e suas famílias (veja Fides 14/05/2016).
Segundo o último relatório da Comissão do Congresso que acompanha o problema do tráfico de pessoas, intitulado "Plano nacional de ação contra o tráfico de pessoas no Peru 2011- 2016", o país é considerado lugar de origem e trânsito para o tráfico internacional. O primeiro grande problema é a falta de dados atualizados. De 2004 a 2011, a polícia nacional registrou 974 vítimas (92% mulheres e 8% homens), e as regiões com mais vítimas são as do interior do país e a floresta amazônica.
(CE) (Agência Fides 11/06/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network