ÁSIA/IRAQUE - Patriarca caldeu aos muçulmanos: é preciso um "Ramadã excepcional" para combater o sectarismo

Terça, 7 Junho 2016 islã  

dpshots.com

Bagdá (Agência Fides) - "O mês do Ramadã oferece um tempo propício para o jejum, a oração, o arrependimento e mudança de mentalidade e comportamento (metanoia) a fim de viver em paz consigo mesmo e com os outros." Contém já nas primeiras frases esta consideração eloqüente a carta que o patriarca caldeu, Louis Raphael I, enviou aos seus compatriotas muçulmanos, por ocasião do início do mês sagrado para os muçulmanos, especialmente caracterizado pela prática do jejum combinado com a oração.
Na mensagem, enviada à Agência Fides, o Primaz da Igreja caldeia expressa seus sentimentos de soldarietà e respeito por todos os membros da Umma de Mohammad, e nas circunstâncias trágicas vividas no Iraque exorta a viver uma "Ramadã excepcional", renegando todas as formas de sectarismo, contribuindo para uma "cultura da reconciliação", promovendo "valores comuns da tolerância, proximidade e amizade" e apoiando de toda forma possível uma "convivência pacífica", baseada no diálogo e no respeito mútuo. Na carta, o Patriarca Louis Raphael também expressa gratidão às forças armadas iraquianas, e espera que todos os territórios iraquianos sejam em breve libertados do controle dos jihadistas do Estado Islâmico (Daesh). (GV) (Agência Fides 7/6/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network