ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - Confrontos, poucos recursos e calor não impedem alguns frutos bons: Cuamm vai em frente

Segunda, 6 Junho 2016 saúde  

CUAMM

Yirol (Agência Fides) - “Agradeço ao bom Deus pelo ‘bem’ que encontrei nestes dias no Sudão do Sul, não obstante a insegurança recente, os poucos recursos, as muitas fadigas e sofrimentos das pessoas!” É o que escreve Dom Dante Carraro, diretor de Médicos com a África Cuamm, de volta ao Sudão do Sul. A nota de Cuamm enviada à Agência Fides fala ainda da visita feita ao hospital de Cueiebet onde “as mães iniciaram a dar à luz na maternidade nova (em abril os partos foram 94). A sala operatória funciona (15 cesarianas em abril) e a pediatria está cheia de crianças”, conta Pe. Dante que visitou também o hospital de Lui, no centro da emergência deslocados, e o hospital de Yirol onde em 2016 Cuamm abril uma repartição nova de neonatologia e uma casa de espera para as futuras mães.
Independente desde 2011, o Sudão do Sul nos últimos anos viu confrontos entre duas facções, uma encabeçada pelo presidente Salva Kiir e a outra pelo ex vice-presidente Riek Machar. Um conflito interno que terminou oficialmente poucos meses atrás, em 27 de abril, quando Riek Machar, de retorno da Etiópia, retomou o seu cargo de vice-presidente do país. No meio da disputa, atos de guerrilha, pessoas obrigadas a fugir e o alarme penúria lançado pela FAO. (AP) (6/6/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network