ÁFRICA/MALAVI - Milhões de pessoas sofrem fome devido ao impacto devastador do El Nino

Sexta, 3 Junho 2016 fome  

Direct Relief

Blantyre (Agência Fides) – Quase metade dos habitantes do Malavi estão enfrentando uma forte carestia causada pela escassez ou inexistência de colheitas devido aos efeitos do El Nino que, no ano passado, atingiu a maior parte das regiões meridionais e setentrionais do país. As chuvas devastadoras que caíram no norte agravaram a calamidade, tanto que em abril passado, foi declarado estado de emergência. Entretanto, os preços dos gêneros alimentícios continuam a aumentar, visto que a moeda nacional, Kwacha, continua a desvalorizar-se, obrigando as famílias mais pobres a reduzir o já precário número de refeições cotidianas e vender seus bens para poder enfrentar esta situação.
Segundo notícias apuradas pela Fides, um saco de milho, que normalmente custa 7 dólares, atualmente está custando 15. Quem leva a pior, como sempre, são as crianças. Dados recentes sobre a Desnutrição Severa Aguda (SAM) apontam um aumento de 100% de dezembro de 2015 a janeiro de 2016. O UNICEF registrou mais de 4.300 casos de desnutrição severa somente em janeiro deste ano, duplicando os dados de dezembro de 2015. (AP) (3/6/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network