AMÉRICA/BRASIL - Há 40 anos, a Comissão Pastoral da Terra pelo direito à vida, à terra e à água

Quinta, 2 Junho 2016 igrejas locais   indígenas   pobreza  

CPT

Mariana (Agência Fides) – No âmbito da Campanha nacional para recordar os 40 anos de vida e de empenho da “Comissão Pastoral da Terra” (CPT), tem início hoje o “Encontro brasileiro dos movimentos populares em diálogo com o Papa”, que se realiza até 5 de junho no Centro de Congressos de Mariana, com a participação de cerca de 400 pessoas.
Segundo as informações enviadas a Fides, a CPT nasceu em 1975 para enfrentar a violação dos direitos dos povos indígenas e das comunidades que tiveram seu território invadido pelas grandes empresas que se estabeleceram na Amazônia. Dez anos depois, começou a publicação do relatório “Conflitos no campo”, com as informações sobre homicídios, ameaças e violências relacionadas com a questão da terra, da água e do trabalho. Em 31 anos de publicação, foram registrados mais de 30.000 eventos deste gênero.
Por ocasião dos seus 40 anos de vida, a CPT pretende convidar as pessoas a fazer memória das batalhas combatidas no campo, nas cidades e no Congresso Nacional, além de recordar todos aqueles que combateram pelos direitos dos pobres que vivem nas comunidades rurais, nas comunidades indígenas e nos quilombos, pelo direito à vida, à terra e à água. (SL) (Agência Fides 02/06/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network