ÁSIA/CHINA - Morte de Dom Lucas Tomás Zhang Huaixin, pastor zeloso e paciente

Segunda, 23 Maio 2016 igrejas locais  

Faith

Dom Luca Tommaso Zhang Huaixin com as Irmãs de São José

Jixian (Agência Fides) - No domingo, 8 de maio de 2016, ao meio-dia, faleceu Dom Lucas Tomás Zhang Huaixin, Bispo de Jixian (Weíhwei), província de Henan (China). Ele teria completado 91 anos no dia 23 deste mês. Em 6 de maio, foi internado de emergência no hospital, depois do agravamento da diabetes e problemas cardíacos dos quais sofria há tempo. Um dia antes de sua morte, ele ainda estava lúcido e lembrava os anos de sua juventude passados no seminário.
Dom Lucas Tomás Zhang Huaixin nasceu em 23 de maio de 1925, no povoado de Liangbudaying, Honghetun, Distrito de Anyang, numa família católica devota. A sua vocação esteve aos cuidados dos missionários italianos do Pontifício Instituto das Missões Exteriores que trabalhavam em Henan. Em 1934, entrou no Seminário Menor da Diocese de Jixian e depois passou para o Seminário Maior de Kaifeng. Foi ordenado sacerdote por Dom Gaetano Pollio, P.I.M.E., Arcebispo de Kaifeng, em 19 de outubro de 1950.
Depois da ordenação, desempenhou o ministério pastoral em Tianjin e em Anyang. Em 1958, foi preso e condenado aos campos de trabalho forçado por causa da fé. Somente em 1980 pôde voltar a desempenhar o ministério pastoral. Em 19 de outubro de 1981 foi consagrado secretamente Bispo de Jixian por Dom Giulio Jia Zhiguo, Bispo de Zhengding, em Hebei.
Dom Luca Tommaso Zhang Huaixin é lembrado por quem o conheceu como um Pastor zeloso e paciente, repleto de fé e dedicado à evangelização, que se dedicou inteiramente à construção material e pastoral da sua Diocese: encontrava regularmente as comunidades; restaurou e construiu igrejas, entre as quais a catedral; construiu diversos centros de saúde, um centro catequético e um para retiros espirituais; acompanhou a formação dos sacerdotes, mantendo com eles elos paternos e afetuosos e garantindo-lhes a possibilidade de exercitar o ministério; apoiou o desenvolvimento da Congregação das Irmãs de São José. Sob a sua guia, a diocese de Jixian cresceu numericamente, com sacerdotes, freiras e fiéis, além do empenho no campo da saúde e da evangelização. Alguns de seus sacerdotes foram ordenados por Bispos legítimos, reconhecidos pelas autoridades civis. O próprio Dom Zhang Huaixin aceitou o reconhecimento governamental, mas permanecendo fiel aos princípios de fidelidade e de comunhão com o Papa e sem aderir a organismos cuja finalidade é inconciliável com a doutrina católica.
Um grande número de fiéis homenageou o seu corpo, exposto na catedral, e participou do funeral, que foi celebrado em 14 de maio. (Agência Fides 23/05/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network