ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - Morre a missionária eslovaca que ficou gravemente ferida num tiroteio

Sábado, 21 Maio 2016 mártires  

Ir. Veronica Rackova

Juba (Agência Fides)- Morreu Ir. Veronica Rackova, religiosa das Irmãs Missionárias do Espírito Santo (SSP), a missionária eslovaca que ficou gravemente ferida numa emboscada rodoviária no Sudão do Sul em 16 de maio.
Ir. Veronica faleceu em 20 de maio no Nairobi Hospital do Quênia, para onde foi levada logo após ser ferida no tiroteio.
De acordo com notícias enviadas à Agência Fides, por volta da meia-noite de 16 de maio Ir. Veronica recebeu uma ligação urgente de uma mulher que estava tendo um parto difícil no centro de saúde administrado por ela, o St Bakhita’s Medical Centre de Yei. A religiosa acompanhou com a ambulância a paciente até o Harvester’s Health Center, uma estrutura mais bem equipada para assistir mulheres grávidas e nascituros. Ao voltar, foi atingida por tiros disparados por homens armados, aparentemente do Exército de Libertação do Povo Sudanês (SPLA, o ex-movimento de guerrilha que depois da independência do país, em 2011, tomou o poder).
A religiosa estava sozinha quando ocorreu o fato, porque o motorista tinha voltado para casa.
Irmã Verônica sofreu ferimentos graves no quadril, intestino e órgãos internos.
Imediatamente socorrida, foi transportada para Nairóbi devido à gravidade de seus ferimentos.
Irmã Veronica tinha 58. Trabalhava há 6 anos no Sudão do Sul, depois de prestar serviço em Gana.
O funeral da religiosa será realizado em 26 de maio.
Três soldados do SPLA foram presos por causa da morte de irmã Veronica. O secretário-geral da diocese de Yei, Pe. Emmanuel Sebit, acredita que a morte da religiosa ocorreu devido a "um trágico acidente que chocou toda a nação". Pe. Emmanuel explicou que, devido à celebração do 30º aniversário da fundação do SPLA, a área é fortemente vigiada pelos militares. Talvez a irmã tenha encontrado um bloqueio improviso e os militares tenham atirado sem respeitar os procedimentos de controle e verificação de veículos. (L.M.) (Agência Fides 21/5/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network