AMÉRICA/BRASIL - Um barco-hospital para oferecer assistência nos lugares mais remotos

Sábado, 21 Maio 2016 saúde  

Camilos Chile

Macapá (Agência Fides) – Sem utilizar estruturas fixas e trabalhando a fim de que a própria comunidade a se encarregue da saúde, com a prevenção, a ajuda recíproca e cuidados básicos, os religiosos camilianos prosseguem o seu projeto de saúde na área do maior rio do mundo. São os “Camilianos na foz do Amazonas”, um projeto que envolve, há 40 anos, padre Raúl Matte, sacerdote camiliano e médico, que se ocupa de comunidades indígenas do imenso delta do Rio Amazonas. Com um ‘barco-hospital’, padre Raúl visita milhares de pacientes aonde nenhum médico poderia chegar. Como contam os próprios Camilianos, graças a este projeto, a incidência de doenças como a Hanseníase se reduziu sensivelmente. Outras, como anemia, malária e doenças parasitárias, são mantidas sob controle com a informação e a formação. Padre Raúl chegou a Amapá, na costa atlântica setentrional, em 1972. Com o seu barco-posto de saúde, doado pela Ordem de Malta, chegou a localidades muito remotas, até as margens dos igarapés, infinitas ramificações nas quais o delta do rio se divide. (AP) (21/5/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network