AMÉRICA/COLÔMBIA - Reabrir as fronteiras para viver como irmãos: negociações adiante com alguns ostáculos

Quarta, 18 Maio 2016 política   áreas de crise   grupos armados   bispos  

Os Bispos de Cúcuta, Dom Victor Manuel Ochoa, e o de San Cristobal, Dom Mario del Valle Moronta,

Cucuta (Agência Fides) - Foi uma surpresa triste para o governador do Norte de Santander (Colômbia), William Villamizar, e para o Bispo de Cúcuta (Colômbia), Dom Victor Manuel Ochoa, serem parados na fronteira com a Venezuela quando procuravam atravessar o confim na segunda-feira, 16 de maio.
Depois de esperar nas proximidades da ponte internacional Simon Bolivar, que liga a cidade colombiana de Vila do Rosário à cidade venezuelana de Santo Antônio, o governador da região recebeu um telefonema de seu homólogo do Estado de Tachira (Venezuela), José Gregorio Vielma Mora, que pediu desculpas pelo bloqueio e anunciou o cancelamento da reunião, prevista para a tarde de segunda-feira, 16, na cidade de San Cristobal. O objetivo do encontro era fazer um rascunho do documento entre os departamentos de confim para a reabertura das pontes internacionais, que esta semana completam nove meses de fechamento (veja Fides 1 e 3/09/2015).
"O governador Vielma me informa que a Chancelaria autorizou a reunião somente para a próxima quinta-feira", disse o governador do Norte de Santander, respeitando a decisão do governo venezuelano, como informa a nota enviada a Fides pela Rádio Caracol.
Enquanto isso, o Bispo de Cúcuta, Dom Victor Manuel Ochoa, com o seu colega de San Cristobal, Dom Mario del Valle Moronta, disseram prosseguir seu trabalho pela coexistência e a retomada das relações entre os dois países: "A proximidade entre nós é o que a Igreja pede para trabalhar como irmãos na mesma fronteira... a reconciliação, eis o nosso convite para falar, para buscar o diálogo e o respeito dos direitos de todos", afirmou o Bispo colombiano. Os dois Bispos se encontraram, como era previsto (veja Fides 12/05/2016), para continuar a trabalhar juntos com o mesmo objetivo.
(CE) (Agência Fides, 18/05/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network