AMÉRICA/ARGENTINA - Existe uma só crise, que é socioambiental: encontro das dioceses de fronteira

Quarta, 18 Maio 2016 meio ambiente   áreas de crise   bispos   política  

Fronteira Argentina, Paraguai, Brasil e Uruguai

Corrientes (Agência Fides) – "Diante da degradação e da ameaça progressiva ao nosso planeta e ao ser humano como parte integrante do ecossistema planetário, assumimos a complexidade da situação que envolve todos nós. Desafiados e encorajados pela encíclica Laudato si', acerca do cuidado da casa comum, reafirmamos que tudo está ligado e que não existem duas crises separadas, ambiental e social, mas uma única e complexa crise socioambiental": é o que afirma o documento final do 31º Encontro das “Dioceses de Fronteira”, realizado de 9 a 11 de maio em Paso de la Patria (veja Fides 9/05/2016).
Bispos, sacerdotes, religiosos e leigos de Argentina, Paraguai, Brasil e Uruguai analisaram os problemas pastorais comuns, concentrando-se em especial sobre aqueles ligados ao meio ambiente, sob a guia da encíclica Laudato si'.
A constatação da ausência de uma conscientização coletiva e da preocupação pela progressiva degradação do nosso planeta foi um elemento que emergiu nos trabalhos. Outro ponto importante de reflexão disse respeito à necessidade de ter mais informação para a ação pastoral sobre os problemas ambientais da região, como a excessiva exploração do "Acuifero Guarani", os planos nucleares, os projetos fracking, as minas de metais a céu aberto, as digas e outros megaprojetos.
A missa de encerramento foi realizada na Basílica de Itati, presidida por Dom Julio Bonino, Bispo de Tacuarembo (Uruguai), durante a qual foi anunciado que a próxima reunião será em maio de 2017 na diocese de Bagé (Brasil).
(CE) (Agência Fides, 18/05/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network