AMÉRICA/VENEZUELA - Os Bispos das dioceses entre Colômbia e Venezuela: é urgente reabrir a fronteira

Quinta, 12 Maio 2016 política   bispos   áreas de crise   grupos armados  

Colômbia e Venezuela: é preciso reabrir a fronteira

Tachira (Agência Fides) – O Bispo da diocese de San Cristobal (Venezuela), Dom Mario del Valle Moronta Rodríguez, e o Bispo da diocese de Cucuta (Colômbia), Dom Victor Manuel Ochoa, se encontraram em Tachira com o prefeito desta cidade venezuelana, José Vielma Mora, e insistiram na urgência de pedir às autoridades para reabrir a fronteira. Dom Moronta informa, na nota enviada a Fides, que "além de reafirmar os vínculos de comunhão fraterna entre os pastores e as Igrejas locais limítrofes, o encontro serviu para examinar a situação atual na região de fronteira".
O confim foi fechado em setembro de 2015 (veja Fides 1 e 3/09/2015), por decisão do Presidente venezuelano, com a expulsão de cerca mil colombianos, motivando a medida como defesa dos direitos humanos e da segurança alimentar dos venezuelanos. De acordo com o governo, quase a metade dos produtos alimentícios venezuelanos era contrabandeada para a Colômbia.
Segundo os Bispos de Venezuela e Colômbia, reabrir as fronteiras será somente um fato positivo para os dois países-irmãos, além de ser muito útil para as pessoas e as comunidades da região de fronteira. Ambos os representantes da Igreja se ofereceram como voluntários para se tornarem intermediários, se necessário, e se colocaram à disposição das autoridades dos dois países.
A nota se conclui informando que na próxima semana, na cidade de Cucuta (Colômbia), se realizará um encontro em nível eclesial dos dois Bispos, dos diretores das Caritas das duas Dioceses e dos Vigários pastorais.
(CE) (Agência Fides, 12/05/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network