AMÉRICA/MÉXICO - Novos projetos para conter o fenômeno dos meninos de rua

Segunda, 9 Maio 2016 meninos de rua  

alterna

Villahermosa (Agência Fides) - As instituições locais do Estado mexicano de Tabasco estão se unindo para enfrentar o problema dos meninos de rua e colocar um remédio todos juntos. Não obstante exista um Centro de Acolhimento para Menores e Adolescentes (CAIMA), criado para oferecer tutela social integral às crianças e adolescentes que vivem nas ruas, com a idade de 10 a 17 anos, com o risco de dependência química, sem família e moradia fixa na qual fazer referência, o centro não é utilizado por causa das graves lacunas que existem na lei. Além disso, está previsto que os menores permaneçam somente se quiserem e as autoridades não podem obrigá-los. Atualmente, somente 9 crianças vivem no CAIMA. Ali elas encontram um local para dormir, roupa, alimento, assistência médica, psicológica, laboratório, atividades de recreação e culturais, e esportivas. (AP) (9/5/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network