EUROPA/GRÃ-BRETANHA - Escolarização para 75 milhões de crianças nos países em crise humanitária

Sexta, 6 Maio 2016 escolarização  

Internet

Londres (Agência Fides) – Cerca de 75 milhões de crianças e adolescentes de idade escolar, que vivem em países em crise, precisam de programas de escolarização. Foi o que declarou recentemente a organização inglesa Overseas Development Institute (ODI) em estudo solicitado pela Unicef e pelos governos de Grã-Bretanha, Estados Unidos e Noriega. No mundo, 37 milhões de crianças de idade escolar do ensino fundamental e médio não vão às aulas por causa da guerra ou de emergências de outros tipos.
Somente na Síria, fecharam-se 6 mil escolas, na Nigéria e nos Camarões foram desativados 1800 colégios, enquanto na República Centro-africana um quarto das estruturas existentes não oferece serviço educativo. O documento foi divulgado a menos de três semanas do primeiro Fórum Global Humanitário que se realizará em Istambul, durante o qual se fará referência ao problema da escolarização. O objetivo é criar um fundo para financiar programas escolares nos países em crise. A meta imediata é arrecadar cerca de 4 mil milhões de dólares para oferecer escolarização, nos próximos cinco anos, a 13 milhões e meio de crianças que vivem em áreas de conflito. (AP) (6/5/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network