ÁSIA/FILIPINAS - Trinta anos de formação ao diálogo no Movimento “Silsilah”

Quarta, 27 Abril 2016 diálogo   islã   formação  

Silsilah

Padre D'Ambra em momento de diálogo

Zamboanga City (Agência Fides) – Formação e experiência de diálogo. Esta é a proposta do Movimento inter-religioso “Silsilah”, fundado no sul das Filipinas pelo missionário pe. Sebastiano D’Ambra, do Pontifício Instituto das Missões no Exterior (PIME). Como informa uma nota enviada à Fides, na “Aldeia da harmonia”, fundada pelo movimento em Zamboanga, organizam-se anualmente cursos de diálogo islâmico-cristão. É uma das atividades de base, realizada há mais de 20 anos na Aldeia, mas os cursos iniciaram em 1987 e nos primeiros 10 anos, foram conduzidos em outros lugares. “Estamos felizes em celebrar o 30º aniversário deste programa de formação e experiência sobre o diálogo islâmico-cristão. Estamos gratos aos que nos ajudaram a manter esta iniciativa, que formou milhares de líderes muçulmanos e cristãos de Mindanao e também em outras regiões nas Filipinas e em outros países” nota pe. D’Ambra.
Os cursos organizados na primavera – este ano entre fins de abril e maio – são de três tipos: curso básico, curso especial e curso intensivo. O “curso básico” normalmente dura quatro semanas nas quais os participantes têm a oportunidade de estudar juntos os ensinamentos principais do Islã e do cristianismo. Na prática, os participantes cristãos vivem com uma família muçulmana e os muçulmanos moram com uma família cristã. O “curso especial” é uma semana na qual é profundado um tema específico. O “Curso intensivo” apresenta de modo comparado o Islã e o Cristianismo, com uma análise sobre o tema do diálogo. Há também atividades especiais dedicadas aos jovens cristãos e muçulmanos, que compartilham momentos de fraternidade, estudo e amizade. (PA) (Agência Fides 27/4/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network