AMÉRICA/PERU - Comunicado dos Bispos sobre a pena de morte: “Hoje é inaceitável”

Quarta, 27 Abril 2016 bispos   conferências episcopais   violência   política  

Bispos do Peru

Lima (Agência Fides) – “A vida humana é um dom de Deus e portanto, devemos respeitá-la e protegê-la desde o primeiro momento da concepção até o seu fim natural” consta nas primeiras linhas do comunicado do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Peruana de 26 de abril, que reitera a posição da Igreja católica sobre a pena de morte, tema destacado no debate eleitoral destes últimos dias. No texto, recebido pela Fides, os Bispos assinalam que “a Igreja reconhece o direito e o dever da autoridade pública de impor sanções proporcionadas à gravidade do crime, sem excluir, em casos de extrema gravidade, o recurso à pena de morte”.
Todavia, os casos em que a execução do condenado é uma necessidade absoluta são muito raros, ou praticamente inexistentes. Os Bispos concluem recordando as palavras do Papa Francisco: “Hoje a pena de morte é inaceitável... todos os cristãos e os homens de boa vontade são obrigados não apenas a lutar pela abolição da pena de morte, legal ou não, mas a tentar melhorar as condições nos cárceres, no respeito pela dignidade dos detentos”.
(CE) (Agência Fides, 27/04/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network