ÁSIA/TERRA SANTA - Centro mariano em Tel Avive: um oásis para os migrantes

Segunda, 18 Abril 2016 menores   igrejas locais   migrantes  

Centro Notre-Dame de Valeur

Tel Avive (Agência Fides) – Um lugar aonde as comunidades migrantes podem se encontrar para praticar sua fé e participar das numerosas atividades pastorais organizadas: é o Centro pastoral intitulado à “Virgem do valor” em Tel Avive, aberto em fevereiro de 2014 como “oásis onde encontrar conforto espiritual, formação, instrução e programas sociais”, explica padre David Neuhaus, SJ, Coordenador da Pastoral para os Migrantes no Patriarcado Latino.
Como informa uma nota do Patriarcado Latino de Jerusalém, o Centro se encontra no coração de um bairro nas redondezas da estação rodoviária de Tel Avive, e dispõe de um edifício e de uma igreja, que é também paróquia, a serviço da vida espiritual, sacramental e social de milhares de pessoas de várias nacionalidades. Entre sexta-feira à noite e domingo de manhã, celebram-se sete missas festivas, cada uma frequentada por cerca de 400 fiéis. Depois da missa, os fiéis se reúnem para compartilhar sua vida cotidiana com amigos e membros da comunidade. São filipinos, indianos, cingaleses, eritreus, etíopes, sudaneses ou de outros países: todos vêm para encontrar um local de conforto espiritual. O Centro oferece também a possibilidade de dar formação religiosa e educação para crianças, que podem assim se preparar para receber os sacramentos.
“O Centro é principalmente um lugar que permite aos migrantes encontrar uma vida mais digna”, explica David Neuhaus, que envolveu diversas ONGs para trabalhar de modo coordenado na pastoral dos migrantes. Graças a esta colaboração, foram abertas estruturas que consentem a assistência cotidiana para crianças menores de três anos e uma sala para hospedar os pacientes em convalescência, vistos os frequentes casos de migrantes carentes de cuidados médicos, mas sem assistência médica.
O atual pároco é o pe. Michael Grospe, que veio das Filipinas para uma missão de três anos, e está encarregado de coordenar os vários programas e atividades pastorais: tudo com o espírito do ensinamento sobre a misericórdia, proposto pelo Papa Francisco e alma do ano do Jubileu.
(PA) (Agência Fides 18/4/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network