ÁSIA/PAQUISTÃO - Assistência e solidariedade para as vítimas do terrorismo

Segunda, 18 Abril 2016 terrorismo   minorias religiosas   solidariedade   sociedade civil  

Cecil & Iris Chaudhry Foundation

Lahore (Agência Fides) – Expressar solidariedade concreta e dar assistência às vítimas do recente atentado terrorista de Lahore, ocorrido no dia de Páscoa: é a iniciativa promovida pela “Cecil Chaudhry & Iris Foundation”, fundação de inspiração católica que visita regularmente as pessoas feridas no ataque suicida ao Gulshan-e-Iqbal Park e que ainda estão internadas nos hospitais de Lahore. A Fundação se faz próxima das famílias das vítimas, pessoas de diferentes crenças religiosas, distribuindo ajudas e fornecendo brinquedos e livros às crianças.
“O ataque realizado em uma área de lazer deixou vidas fragmentadas e traumas muito graves. Como se pode oferecer alívio e conforto a pais que perderam seus filhos, a crianças que perderam ambos os pais, a pessoas que, em um leito de hospital, não sabem ainda a verdade sobre seus parentes mortos? São histórias dramáticas”, nota à Fides Michelle Chaudhry, Presidente da Fundação.
Inayat Ali é um dos feridos: a esposa e seus dois filhos choram a seu lado, mas outros três filhos morreram no atentado. “A família está destruída para sempre, suas vidas estão devastadas”, nota a Presidente. Por isso, a Fundação tenta ajudar as famílias a se reconstruírem também nos aspectos psicológico, humano e espiritual, para que “possam ter uma perspectiva de esperança no futuro”.
“Não podemos eliminar a dor pela perda de seus queridos, mas podemos contribuir para aliviar a dor, aproximando-nos das pessoas no momento da necessidade e demonstrando que cuidamos delas”, acrescenta. A Fundação está estudando as modalidades para iniciar um programa de “reabilitação” a longo prazo para as famílias das vítimas, com percurso de acompanhamento material e psicológico.
A “Cecil Chaudhry & Iris Foundation” é uma organização independente paquistanesa sem objetivo de lucro, engajada em erradicar a injustiça na sociedade e promover o desenvolvimento de grupos desfavorecidos e marginalizados no Paquistão. (PA) (Agência Fides 18/4/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network