ÁSIA/PAQUISTÃO - Bispos: remover o conteúdo de ódio do ensinamento nas escolas

Terça, 12 Abril 2016 instrução   igrejas locais   minorias religiosas   perseguições   islã  

Paolo Affatato

Karachi (Agência Fides) – Urge remover o conteúdo de ódio e os preconceitos pelas minorias religiosas presentes nos livros didáticos em uso nos colégios de todo o país. É o apelo feito pela Comissão nacional “Justiça e Paz” dos Bispos católicos do Paquistão, que nos últimos dias, apresentou em Karachi um documento intitulado “Erradicar a intolerância religiosa através da instrução”. Como informado à Fides, a Comissão observa que se a sociedade paquistanesa quiser progredir e garantir, inclusive diante do mundo, que é realmente pacífica, respeitosa dos direitos humanos e da dignidade de todas as pessoas, que é uma sociedade inspirada e regulada pelo estado de direito, “a estrutura da instrução escolar deve ser alterada e os currículos escolares devem ser modificados”.
Kashif Aslam, um dos membros da Comissão, revelou que o organismo dos Bispos estudou e analisou 70 livros didáticos, e apontou que o material publicado no relatório é apenas 25% do identificado na análise. Em relação aos livros didáticos usados nas escolas públicas da província de Punjab, os da província de Sindh “contêm menos preconceitos em relação às minorias religiosas”, observa.
A Comissão espera e recomenda um trabalho conjunto entre o Ministério do ensino público paquistanês e os organismos da sociedade civil e das diversas comunidades religiosas, para intervir sobre estes textos e reformá-los. Se se quer realmente erradicar a intolerância religiosa, é preciso começar pelo ensino dos jovens e a formação de sua mentalidade. Disso – conclui a Comissão – depende o futuro harmonioso e pacífico da sociedade paquistanesa. (PA) (Agência Fides 12/4/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network