ÁFRICA/SENEGAL - Um videogame para sensibilizar sobre a grave situação de tantas crianças

Sexta, 8 Abril 2016 menores  

CDC

Dacar (Agência Fides) - Cross Dakar City é o nome de um videogame que evidencia as graves situações em que vivem algumas crianças senegalesas, e que demonstra que os videogames podem ser usados para oferecer uma consciência social. Além do papel de puro entretenimento lúdico, o videogame está assumindo com o passar dos anos vários papeis. Este instrumento serve também para contar histórias, para ensinar e, em muitos casos, para sensibilizar para situações reais que acontecem em outras partes do mundo. Pelo menos este é o objetivo de Cross Dakar City, que quer mostrar a situação de impotência de tantas crianças no Senegal. Alguns pais que não são capazes de manter os próprios filhos os mandam para escolas corânicas, ou daara, em Dacar, onde esperam que seja lhes sejam oferecidos alimentação e moradia, além dos ensinamentos do Corão.
Todavia, foi demonstrado que muitos desses menores começam a ser explorados e obrigados a mendigar pelas ruas pelos professores das próprias escolas. Esta situação foi recriada em Cross Dakar City, onde Mamadou, o protagonista, é uma dessas crianças que deve se confrontar com intempéries, a fome e a violência, e que busca sobreviver a todo custo. A finalidade do jogo é guiar Mamadou em busca dos seus pais biológicos. Para fazer isso, o jogador deve atravessar ruas se esquivando de carros, rios em canoa e evitando trens enquanto caminha pelos trilhos. Todos estes são cenários cotidianos da vida real que as crianças senegalesas enfrentam junto a tantos outros perigos, como abusos sexuais ou roubos. O videogame foi lançado em maio de 2015 e voltou com grande atualidade por ocasião do Dia Internacional dos Meninos de Rua, que se celebrará no próximo dia 12 de abril. (AP) (8/4/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network