AMÉRICA/BOLÍVIA - A grave situação do narcotráfico denunciada pelos Bispos, reunidos em Assembleia

Quarta, 6 Abril 2016 democracia   narcotráfico   bispos   conferências episcopais  

Bispos da Bolívia

Cochabamba (Agência Fides) – Amanhã, 7 de abril, os Bispos da Bolívia se reunirão em Assembleia em Cochabamba. Segundo a nota recebida pela Fides, os encontros dos grupos de trabalho das Comissões da Conferência Episcopal Boliviana (CEB) começaram ontem e hoje à tarde, a reunião do Conselho de Coordenação Pastoral definirá a agenda da 101a Assembleia dos Bispos da Bolívia.
Provavelmente, haverá referências à dramática situação do narcotráfico e à difusão das drogas inclusive nas estruturas do governo, como denunciaram os Bispos em sua Carta Pastoral publicada na semana passada, intitulada “Hoje coloco diante de ti a vida ou a morte”, que gerou tensão entre a CEB e o Presidente Morales.
“Não creio que nos devemos preocupar por ultimatos, se vivemos em tempos de democracia”, disse Erwin Bazan, porta-voz da CEB, em resposta ao presidente Evo Morales, que havia afirmado que os Bispos da Bolívia devem dar os nomes dos suspeitos traficantes ligados ao governo. Bazán, em coletiva de imprensa, informou que a Assembleia dos Bispos dará espaço adequado para dar uma resposta conjunta ao presidente Morales.
Em referência à Carta Pastoral, o porta-voz destacou: “Não devemos perder a perspectiva: é uma carta puramente pastoral e possui uma mensagem eminentemente pastoral, porque é parte da preocupação do povo. Neste contexto, deveriam ser criados espaços de diálogo para encontrar uma solução para esta chaga, que está causando um enorme dano à sociedade”.
(CE) (Agência Fides, 06/04/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network