AMÉRICA/MÉXICO - Um reconhecimento à solidariedade para com os migrantes, prêmio a “Las Patronas”

Terça, 5 Abril 2016 refugiados   áreas de crise   bispos   violência  

“Las Patronas” no México

Veracruz (Agência Fides) – O historiador Jean Meyer Barth, o Bispo Raul Vera Lopez e “Las Patronas”, um grupo de mulheres que oferece víveres e assistência aos migrantes que passam pelo centro de Veracruz, receberão a Medalha ao Mérito da Universidad Veracruzana (UV), como evento central da Feira Internacional do Livro Universitário (FILU) 2016, que se realizará de 22 de abril a primeiro de maio.
Jean Meyer, historiador, é professor emérito do Centro para a pesquisa e o ensino econômico (CIDE), além de fundador e membro da Faculdade de História. Dom José Raul Vera López, OP. é o Bispo da diocese de Saltillo, Coahuila (México) desde 30 de dezembro de 1999. Precedentemente, como Bispo coadjutor de San Cristobal de las Casas, no Chiapas, participou com o Bispo Samuel Ruiz Garcia no processo de paz depois da revolução zapatista.
No seu trabalho pastoral, se destacam a defesa dos direitos humanos, o apoio para o melhoramento do trabalho dos mineiros, a ajuda aos migrantes através do projeto "Frontera con Justicia" e a criação do Centro Diocesano para os direitos humanos "Fray Juan de Larios".
Las Patronas são um grupo de mulheres voluntárias da comunidade La Patrona, município de Amatlán de los Reyes. Desde 1995, oferecem alimento e assistência aos migrantes que cruzam o Estado, sobretudo os que passam no trem conhecido como “La Bestia”. Por este trabalho, receberam o Prêmio Nacional para os Direitos Humanos 2013, além de terem sido nomeadas para o Prêmio Princesa das Astúrias para a Concórdia (veja Fides 03/08/2015).
(CE) (Agência Fides, 05/04/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network