ÁSIA/BANGLADESH - Os pacientes do hospital desejam o retorno a Bangladesh do missionário ferido

Segunda, 4 Abril 2016 institutos missionários   violência  

facebook

Dacca (Agência Fides) – Os doentes de Dinajpur desejam que o pe. Piero Parolari, missionário italiano do Pontifício Instituto para Missões no Exterior, ferido em um atentado com uma tentativa de homicídio, retorne rapidamente a Bangladesh. Depois do atentado, em 18 de novembro de 2015, pe. Parolari se encontra em Monza, na Itália. “Ele nasceu italiano, mas seu coração era cem por cento de Bangladesh. Queremos que volte logo entre nós” afirma uma mulher, como publicado no jornal The Daily Star. Sentem muito a sua falta os pacientes do hospital onde o missionário, que é também médico, trabalhava como voluntário, acompanhando-os com terapias e com o conforto humano e espiritual.
No entanto, não obstante as medidas de segurança, os ritos da Semana Santa e as celebrações pascais contaram a participação de numerosas pessoas, “especialmente a Sexta-feira Santa com a adoração da Cruz”, conta outro missionário, pe. Adolfo L’Imperio. A Páscoa foi celebrada sem incidentes. Os sacerdotes ainda estão sob escolta policial nas visitas aos vilarejos. “Alguns de nós se sentem incomodados, mas as autoridades têm o dever de prevenir e proteger”, refere, enquanto no país prosseguem detenções de militantes ligados a grupos terroristas. (PA) (Agência Fides 4/4/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network