AMÉRICA/HAITI - Catholic Medical Mission alerta para a difusão do vírus da Zika na ilha

Segunda, 4 Abril 2016

CM

Port au Prince (Agência Fides) – O Haiti é o país mais pobre do hemisfério ocidental. “A falta de instrução, informação, o número de pessoas que vivem em favelas e o nível de água parada em todos os lugares constituem o habitat ideal para a proliferação e a difusão do mosquito vetor do vírus da Zika”, declara, numa nota enviada a Fides, um médico de Catholic Medical Mission, que trabalha na região meridional da ilha. Atualmente, o Catholic Medical Mission Board está promovendo atividades de dedetização para eliminar o inseto. Todavia, prevenir a sua difusão permanece ainda muito difícil. O Ministério da Saúde local registrou um notável incremento de casos da Zika. Em janeiro, aqueles confirmados passaram de 96 a 329 em menos de três semanas. O Haitian Health Foundation, que tem uma equipe de 180 agentes empenhados em clínicas rurais e na assistência de sensibilização médica em todo o país, declara que foram identificados um ou dois casos de possível microcefalia relacionados com a Zika, mas que é ainda muito cedo para confirmar se os nascituros terão problemas.
(AP) (4/4/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network