ÁSIA/SÍRIA - Uma “marcha pela paz” nas ruas de Aleppo para recordar os dos bispos sequestrados

Quinta, 31 Março 2016 paz  

Facebook

Aleppo (Agência Fides) - Uma “marcha pela paz na Síria” guiada pelo Patriarca sírio-ortodoxo, Mar Ignatius Aphrem II, atravessou as ruas de Aleppo, também com o objetivo de manter viva a atenção sobre o episódio dos dois bispos da metrópole martirizada, o arcebispo sírio-ortodoxo Mar Gregorios Yohanna Ibrahim e o greco-ortodoxo Boulos Yazigi, sequestrados em 22 de abril de 2013 no contexto do conflito sírio, e dos quais não se há notícias.
A “marcha pela paz”, referem fontes do Patriarcado sírio-ortodoxo, consultadas pela Agência Fides, “contou no domingo, 27 de março, com a participação de sacerdotes e religiosos sírio-ortodoxos da Arquidiocese de Aleppo, acompanhados por mais de quatrocentos jovens que participaram do encontro da juventude sírio-ortodoxa, em andamento em Aleppo”.
O cortejo se deslocou do local do encontro juvenil até à igreja sírio-ortodoxa dedicada a Mar Gewargis (São Jorge).
O primaz da Igreja sírio-ortodoxa guiou a oração para pedir ao Senhor que os dois bispos desaparecidos possam voltar sãos e salvos, e que todos os sequestrados possam logo reencontrar a liberdade. Um momento comunitário de celebração dos mártires se realizou também diante do monumento, de recente inauguração, dedicado aos mártires de Sayfo, expressão com a qual se indicam os massacres sofridos um século atrás, no Império Otomano, pelas comunidades cristãs caldeias, sírias e assírias instigados pelos Jovens Turcos. (GV) (Agência Fides 31/3/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network