AMÉRICA/PERU - Peruanos ao voto: bispos pedem para votar de maneira consciente e responsável

Quinta, 31 Março 2016 eleições   bispos   democracia   direitos humanos  

cep

Bispos peruanos

Lima (Agência Fides) - Ao aproximar-se das eleições presidenciais no país, marcadas para 10 de abril, e diante das declarações recentes de alguns bispos sobre os candidatos, nesta rodada eleitoral, o Conselho Permanente da Conferência Episcopal Peruana (CEP) achou oportuno publicar, em 30 de março, uma nota, enviada também a Fides.
O comunicado afirma que a Igreja "reconhece o valor da democracia" e promove o livre exercício do direito de voto dos cidadãos, e invoca a fazê-lo "de modo consciente e responsável"; aos candidatos, pede que "trabalhem pelo bem comum, no respeito do pluralismo político e social".
Além disso, se recorda que na mensagem divulgada pela CEP em 10 de fevereiro passado, justamente para as eleições, os Bispos tinham indicado "os critérios éticos no momento de escolher as autoridades".
Por fim, o comunicado recorda que aos candidatos se deve "pedir um plano realista de governo”; além disso, se deve “refutar os candidatos corruptos e oportunistas; avaliar as promessas eleitorais e as fontes de financiamento, verificar o empenho dos candidatos na defesa da vida e no cuidado da criação".
A poucos dias das eleições presidenciais de 10 de abril, Keiko Fujimori (filha do ex-presidente) continua como favorita nas pesquisas, seguida por Pedro Pablo Kucyznski, Alfredo Barnechea e Veronika Mendoza. Segundo a normativa vigente, no Peru as eleições gerais se realizam a cada cinco anos. O Presidente e o Vice-Presidente da República são eleitos com sufrágio direto, secreto e obrigatório. Para ser eleito, é preciso obter mais da metade dos votos válidos.
(CE) (Agência Fides, 31/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network