ÁSIA/COREIA DO SUL - Cardeal Yeom: "Que a Páscoa doe bênçãos, luz e paz para a Coreia"

Quarta, 23 Março 2016 igrejas locais   paz   política  

Arcidiocesi di Seul

Seul (Agência Fides) - "A luz do Senhor ressuscitado resplandeça sobre todos vocês. Rezemos pelos nossos irmãos e irmãs na Coreia do Norte: Que possam ser abundantes as bênçãos sobre eles. Rezemos pela paz na Península Coreana e pela paz no mundo. Rezemos para que Deus dê sabedoria para resolver a questão das armas nucleares na Coreia do Norte. Que Deus nos guie nos caminhos da paz." Este é o desejo expresso pelo Cardeal Andrew Yeom Soo-jung, Arcebispo de Seul, em sua mensagem pascal. O tema da mensagem enviada à Agência Fides foi extraído do Evangelho de João: "Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens" (Jo 1, 4).
"Jesus tornou-se a luz do mundo que ilumina os nossos pecados e as escuridões. O anúncio da Igreja é que Cristo é a luz do mundo que nenhuma escuridão pode vencer", ressalta o texto. "Depois da ressurreição, Jesus apareceu aos discípulos e os enviou a mensagem de paz", "abriu seus corações fechados, deu-lhes a coragem e mostrou-lhes o caminho da vida".
"A nossa sociedade hoje está cheia de escuridão. As pessoas vivem com medo, sob a ameaça de guerra, terrorismo e graves problemas econômicos. Vivemos num tempo em que há uma necessidade urgente de paz. Nós fieis que recebemos a luz da ressurreição, somos chamados a levar a luz do amor e da esperança ao mundo".
O cardeal também se referiu às eleições legislativas para a Assembleia Nacional da Coreia, que terá lugar antes do tempo, recordando que "o poder é serviço" e que com a votação se elegem "aqueles que se dedicarão ao futuro e bem-estar de nosso país". "Rezo para que todos nós exerçamos o nosso direito sagrado como cidadãos da Coreia", acrescenta, que "precisa urgentemente da luz de Cristo".
O texto, enfim, toca o tema da misericórdia, recordando a expressão central do Jubileu: "Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso", definindo a misericórdia, como o fruto de uma vida iluminada e permeada pela graça da Ressurreição. (PA) (Agência Fides 23/3/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network