AMÉRICA/VENEZUELA - “O governo deve proteger os cidadãos e suas propriedades”, pede o Card. Urosa

Segunda, 21 Março 2016 política   bispos   fome   áreas de crise  

Card. Urosa Savino

Caracas (Agência Fides) – "O que aconteceu em Tumeremo é muito grave. É importante que o governo faça o seu dever para proteger a segurança e as propriedades dos venezuelanos", disse o Arcebispo de Caracas, Card. Jorge Urosa Savino durante um programa televisivo transmitido ontem, Domingo de Ramos. O Cardeal apontou que existem muitos lugares na Venezuela como Tumeremo, que são "dominados por criminosos": "O que aconteceu em Tumeremo evidencia uma espécie de abandono por parte do Governo da segurança da população".
A comunidade nacional ainda está chocada com o episódio: 28 mineiros tiveram que ceder às ameaças dos grupos criminosos e desapareceram. Alguns órgãos de imprensa locais acreditam que tenham sido trucidados, outros queimados ou, em todo caso, assassinados (veja Fides 11/03/2016).
O Card. Urosa falou da situação que o país está atravessando, enquanto "o governo impôs um modelo econômico marxista-comunista que acabou com a vida rural, portanto não há mais produção agrícola". "Não podemos continuar assim – destacou o Arcebispo de Caracas -. Com carência de alimentos, racionamento de energia elétrica, entre outros problemas… O governo deve entender que não pode continuar assim. Deve haver um bom diálogo para resolver esta situação e o país consiga, assim, ir para frente".
Para concluir, o Cardeal quis recordar que "a Semana Santa deveria ser um momento de reflexão sobre o que estamos vivendo no país", acrescentando que "um dos problemas que o mundo moderno tem é o esquecimento de Deus."
(CE) (Agência Fides, 21/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network