AMÉRICA/COLÔMBIA - "Não conta a data, mas que o acordo seja formulado corretamente", disse Dom Castro Quiroga

Quinta, 17 Março 2016 conferências episcopais   política   violência   grupos armados  
Dom Castro Quiroga

CEC

Dom Castro Quiroga

Bogotá (Agência Fides) - "O que importa não é a data da assinatura do acordo, mas que seja devidamente formulado. Devemos evitar as cláusulas que podem posteriormente criar problemas. É muito importante analisar bem para evitar danificar todo o processo." Estas são as palavras de Dom Luis Augusto Castro Quiroga, Arcebispo de Tunja e Presidente da Conferência Episcopal da Colômbia (CEC), sobre a notificação do governo que deixa em aberto a possibilidade de que a assinatura de paz com as FARC não tenha lugar em 23 de março, conforme anunciado.
A nota enviada à Fides pela CEC recorda que a Igreja Católica continuará apoiando o processo de paz incondicionalmente. Em 16 de março, retomaram as negociações na capital cubana entre Rodrigo Londoño, representante das FARC, e Enrique Santos irmão do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, definidos pela imprensa colombiana como construtivas. A comunidade nacional espera que os diálogos de paz, embora não cheguem à conclusão em 23 de março, levem pelo menos nessa data à assinatura de um "cessar-fogo" definitivo. (CE) (Agenzia Fides, 17/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network