ÁFRICA/SENEGAL - O Senegal se prepara para o referendo constitucional para limitar o mandato presidencial

Quinta, 10 Março 2016 política   eleições  

Dacar (Agência Fides) - Em 20 de março, os eleitores senegaleses são chamados ao referendo para aprovar a revisão da Constituição promovida pelo Presidente Macky Sall, que prevê, entre outras coisas, a redução do mandato presidencial de 7 a 5 anos. Além disso, se introduz o limite de dois mandatos presidenciais.
Outras normas da revisão constitucional reforçam as garantias para todos os partidos, inclusive os de oposição, e preveem a candidatura de candidatos independentes para todos os cargos públicos.
Além disso, são reforçados os poderes de controle da Assembleia Nacional sobre a ação de governo e do Conselho Constitucional concernentes a leis antes de sua promulgação. Por fim, são introduzidos na Constituição princípios de descentralização administrativa.
A pequena comunidade católica num país de maioria muçulmana (cerca de 90% da população) segue de perto este importante acontecimento para a vida política nacional. Segundo notícias enviadas a Fides, a paróquia de São Francisco de Assis de Keur Massar organizou para 10 de março um encontro com Bernard Casimir Ciss, Diretor de Formação e Comunicação da Direção-Geral das Eleições do Ministério do Interior, para fornecer a quem desejar esclarecimentos sobre os quesitos referendários. (L.M.) (Agência Fides 10/3/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network