ÁSIA/IRAQUE - O presidente iraquiano: os cristãos são uma componente “originária” de nossa nação. Também os muçulmanos são vítimas dos jihadistas

Quinta, 10 Março 2016 sectarismos  

Cairo (Agência Fides) - Os cristãos são uma “componente originária” do Iraque, como testemunhado pelos antigos mosteiros espalhados por todo o país. E os grupos jihadistas, como Daesh, assola não só eles, mas também as populações muçulmanas, como testemunhado pelas vítimas muçulmanas – também sunitas - e as mesquitas destruídas pelo Califado islâmico em Mosul. Assim, o Presidente iraquiano, Fouad Masum, de etnia curda, definiu a condição dos cristãos no Iraque neste momento, ameaçada por fendas sectárias e vítima no conflito com o Estado islâmico que se auto-instalou em Mosul desde junho de 2014.
As declarações do presidente iraquiano foram proferidas no Egito, durante o encontro entre Masum e o Patriarca copta ortodoxo, Tawadros II. O presidente do Iraque também reivindicou o papel ativo desempenhado pelas instituições governamentais na defesa dos cristãos e outras componentes nacionais da violência dos grupos extremistas, negando todo tipo de discriminação em base sectária confessional dentro dos órgãos públicos.
No início de fevereiro (veja Fides 9/2/2016), o Patriarca caldeu, Louis Raphael I, fez um forte apelo às autoridades governamentais e aos líderes políticos e religiosos para denunciarem as contínuas discriminações jurídicas e as prepotências de caráter sectário sofridos pelos cristãos. “Nós”, escreveu o patriarca no apelo enviado à Agência Fides, “nos encontramos com os funcionários do governo e visitamos algumas autoridades religiosas islâmicas para falar sobre o que temos em comum, em relação à fé e à vida que partilhamos nesta terra. Durante estes encontros, garantimos ser leais ao Iraque que é o nosso país, e não buscar vinganças, mas sim quer viver em paz com todos os iraquianos. Infelizmente, nenhuma de nossas promessas tornou-se realidade”. (GV) (Agência Fides 10/3/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network