AMÉRICA/BRASIL - Antônio Moser é assassinado numa tentativa de assalto

Quinta, 10 Março 2016 institutos missionários   formação   violência  
Frei Antônio Moser

Frei Antônio Moser

Petrópolis (Agência Fides) - Foi assassinado no Rio di Janeiro, na manhã de 9 de março, durante uma tentativa de assalto na Rodovia Washington Luiz, na altura de Duque de Caxias (RJ), Frei Antônio Moser. Eles nasceu em Gaspar (Estado de Santa Catarina) 75 anos atrás. Frei Moser da Ordem dos Frades Menores (OFM), era diretor da Editora Vozes e participou do último Sínodo dos Bispos sobre a Família, no Vaticano, como colaborador do secretário especial.
No comunicado enviado à Fides pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), assinado pelo bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, lê-se que “a vida de Frei Antônio Moser era rica e frutuosa”. Recordando o compromisso do religioso na CNBB, Dom Steiner enfatizou sua dedicação “na preparação dos textos e na reflexão teológica, sobretudo na Teologia Moral”.
O Bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão Neto, OSB, manifestou seu profundo pesar e consternação por este crime horrível, convidando a paróquia de Santa Clara, onde Pe. Moser era pároco nos últimos anos, a rezar por ele.
Em 2015, Frei Antônio Moser foi o único teólogo brasileiro escolhido pelo Papa para participar do Sínodo ordinário dos Bispos sobre a Família. Nos dias 12 e 13 de dezembro passado, celebrou em sua cidade natal, Gaspar, seus 50 anos de sacerdócio. Escreveu muitos livros e deu uma grande contribuição para a Igreja local. Depois das exéquias que se realizaram nesta quinta-feira, às 15h locais, na Catedral de Petrópolis, foi sepultado no mausoléu dos frades franciscanos no cemitério municipal. (CE) (Agência Fides, 10/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network