ÁSIA/IÊMEN - “Nossos fuzis têm sede”: jihadistas espalham terror em uma escola feminina de Aden

Quarta, 9 Março 2016 terrorismo  

Aden (Agência Fides) – No dia 8 de março, homens armados autoproclamados como afiliados ao Estado Islâmico (Daesh), invadiram uma escola de Aden, onde lançaram “a última advertência” às estudantes que ainda não haviam obedecido à ordem de adequar seus uniformes às regras da propaganda jihadista. As alunas ficaram segregadas pelos terroristas na escola por um longo tempo além do horário das aulas.
No dia anterior, na cidade portuária iemenita, foram difundidos opúsculos em que se ordenava a todas as mulheres de adequarem seus indumentos às regras atribuídas pelos jihadistas à Lei Islâmica. O opúsculo dirigia ameaças de morte a “quem ousa continuar a vestir as roupas indecentes de judeus, cristãos e infiéis”. “Nossos fuzis têm sede e nós os saciaremos com o sangue de quem viola a lei de Deus”, constava no texto dos folders, com erros gramaticais, assinados pelos afiliados iemenitas do Daesh.
Sexta-feira passada, em Aden (veja Fides 4/3/2016), um comando de homens armados invadiu, durante a noite, a “Mother Theresa Home” e matou quatro irmãs religiosas missionárias da Caridade e outras doze pessoas, colaboradores e hóspedes idosos e com deficiências, da residência.
(GV) (Agência Fides 9/3/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network