ÁSIA/PAQUISTÃO - A nação celebra o quinto aniversário da morte de Shahbaz Bhatti

Quarta, 2 Março 2016 perseguições   minorias religiosas   mártires   direitos humanos  

Os funerais de Shahbaz Bhatti

Islamabad (Agência Fides) – Uma oração especial de comemoração nas igrejas de Islamabad, Rawalpindi, Lahore, Khushpur e Sargodha e muitos outros lugares: assim o Paquistão recorda Shahbaz Bhatti no 5º aniversário da morte, ocorrida por mãos terroristas, em 2 de março de 2011. A imprensa paquistanesa evoca, em muitos editoriais e comentários, a obra do Ministro católico, morto por defender a cristã Asia Bibi, condenada à morte por blasfêmia.
O aniversário coincidiu com outro evento: os funerais de Mumtaz Qadri, recém-executado, assassino do governador do Punjab, Salman Taseer, também assassinado, como Bhatti.
Mohammad Sherani, líder do Conselho de ideologia islâmica, organismo consultivo do governo paquistanês, declarou: “Eu respeito os sentimentos religiosos, mas respeito a Constituição do Paquistão; e ninguém está acima da lei”. Enquanto se registra, no país, um recorde de denúncias de blasfêmia, nas últimas semanas Sherani falou dos abusos da lei da blasfêmia, abrindo para possíveis mudanças na normativa para evitá-los.
Em mensagem enviada à Fides, a ONG paquistanesa “Life for All” afirma: “Estamos orgulhosos por Shahbaz Bhatti ter sido filho da nossa terra. Nunca abandonou a causa dos pobres; não vivia no luxo, sacrificou a sua vida pessoal e familiar para se dedicar à sua comunidade. Prosseguiremos a sua missão”.
A outra organização, LEAD, liderada pelo advogado cristão Sardar Mushtaq Gill, por ocasião do aniversário da morte, pede “justiça por sua morte”, reivindicada pelo grupo “Tehrik-i-Taliban”. (PA) (Agência Fides 2/3/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network