ÁFRICA/EGITO - Igreja copta-ortodoxa: nenhum filme sobre o Patriarca Shenuda III pode ser produzido sem a nossa permissão

Quarta, 2 Março 2016 igrejas locais  

Wikipedia

Cairo (Agência Fides) - O Conselho das Congregações laicais coptas ortodoxas, organismo influente no seio da Igreja copta ortodoxa, presidido pelo próprio Patriarca, proibiu as empresas de produção de filmes, documentários e séries televisivas de promoverem, sem a permissão da Igreja, qualquer iniciativa mirada a realizar um filme sobre a vida do Papa Shenuda III, primaz copta ortodoxo morto em março de 2012. A vida histórica do Papa Shenuda, lê-se no comunicado difundido por fontes egípcias consultadas pela Agência Fides, “pertence à Igreja” e nenhuma produção de filme sobre a vida do Patriarca pode ser realizada sem a autorização prévia das autoridades eclesiásticas competentes que não hesitarão em recorrer a iniciativas jurídicas para tutelar as próprias prerrogativas.
A iniciativa do organismo laical mira a afirmar um controle eclesial sobre filmes e séries televisivas sobre a pessoa do Papa Shenuda que periodicamente são relançados jornalistas. Nas últimas horas, o conhecido ator egípcio Hassan Youssef se apressou em esclarecer que o seu desejo de interpretar um filme sobre a figura do Patriarca terá que respeitar os direitos de autorização reivindicados pela Igreja.
O Papa Shenuda III, eleito Patriarca em 1971, com os seus 41 anos de ministério patriarcal, incidiu profundamente no perfil atual da Igreja copta ortodoxa, agora guiada pelo Papa Tawadros II. (GV) (Agência Fides 2/3/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network