ÁFRICA/NIGÉRIA - Luta contra Boko Haram e a corrupção e desenvolvimento econômico: as exortações dos Bispos às autoridades

Sexta, 26 Fevereiro 2016 bispos  

Abuja (Agência Fides) – Acabar com as violências de Boko Haram, lutar contra a corrupção e desenvolver a economia para melhorar as condições de vida gerais. Estas são as principais exortações dirigidas ao governo pelos Bispos nigerianos, ao final de sua Assembleia Plenária de 2016.
Num comunicado enviado à Agência Fides, se homenageia a coragem das forças armadas nacionais em enfrentar a ameaça constituída por Boko Haram, mas se nota que o grupo, depois de ter tomado o controle de amplas porções de território no nordeste da Nigéria, continua a conduzir ataques contra “alvos indefesos, como os campos para deslocados, os mercados e os parques”. “Encorajamos o governo e as agências de segurança a fazerem o possível para derrotar a insurgência e prevenir a perda de ulteriores vidas humanas. Rezamos para que Deus conceda a sua misericórdia àqueles que morreram nesta guerra”, escrevem os bispos, que pedem “estratégias alternativas para fazer cessar o terrorismo” e indenizações a favor das vítimas de Boko Haram.
No que diz respeito à luta contra a corrupção, se recordam as palavras do Papa Francisco na Bula de Convocação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que a define “um grave pecado que brada aos céus, porque mina as próprias bases da vida pessoal e social. A corrupção impede de olhar para o futuro com esperança, porque, com a sua prepotência e avidez, destrói os projetos dos fracos e esmaga os mais pobres”.
Além da luta à corrupção, se pede para enfrentar a pobreza e as desigualdades sociais, “diversificando a economia (atualmente dependente das exportações de petróleo, ndr.) e investindo nas infraestruturas de base para promover um tecido empresarial saudável, constituído por pequenas e médias empresas”. (L.M.) (Agência Fides 26/2/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network