AMÉRICA/CHILE - A pesca artesanal destinada em grande parte à exportação

Quinta, 25 Fevereiro 2016 segurança alimentar  

David Boardman

Algarrobo (Agência Fides) – No Chile, a pesca artesanal representa mais de 90% da pesca de todo o mundo e dos trabalhadores do setor, metade é mulher. Segundo o Escritório Regional para a América Latina e o Caribe da FAO, a pesca artesanal fornece cerca de 50% do mercado mundial e se estima que, com a hidrocultura, forneça meios de subsistência a 10-12% da população mundial. Na localidade de Algarrobo, no litoral central chileno, 100 quilômetros a oeste de Santiago, ficaram somente pescadores idosos e os jovens não estão interessados em empreender esta atividade, preferindo o estudo. Cifras oficiais indicam que 92% da atividade está relacionada com a pesca, 5% com a extração das algas e o restante com os frutos do mar. Do número total de trabalhadores do setor, 94.164 são pescadores artesanais e, entre estes, pouco mais de 22.700 são mulheres, segundo as estimativas do Serviço Nacional de Pesca e Hidrocultura. Calcula-se que, todos os anos, no Chile sejam pescados mais de três milhões de peixes. Todavia, o consumo no país alcança somente os 6,9 quilos anuais por pessoa, enquanto uma porcentagem significativa dos recursos da pesca industrial é destinada à exportação. (AP) (25/2/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network