ÁSIA/FILIPINAS - Eucaristia é misericórdia: encontro dos sacerdotes de Mindanao

Terça, 23 Fevereiro 2016 igrejas locais   ano da misericórdia  

Kidapawan City (Agência Fides) – É a Eucaristia a fonte de toda obra pastoral com as famílias, com os pobres, na Igreja e na sociedade, necessitada da misericórdia do Pai: esta é a convicção que emergiu da assembleia de mais de 500 sacerdotes engajados nas 21 dioceses da ilha de Mindanao, que se reuniram em Kidapawan para sua convenção anual, que chegou à 40ª edição. Como apurado por Fides, aos sacerdotes de Mindanao, que deram ao encontro – realizado nos dias passados – um caráter Jubilar, se dirigiu o Card. Orlando Quevedo, Arcebispo de Cotabato, que destacou que “a Eucaristia constitui o nutrimento para as famílias que são confiadas ao cuidado pastoral dos sacerdotes diocesanos em suas paróquias e comunidades eclesiais”. É o Sacramento que permite doar a graça e a misericórdia de Deus a todos aqueles que estão feridos na sociedade, aos pobres, aos sofredores, aos refugiados: este é o alimento que, portanto, não pode faltar ao lado das ajudas caritativas.
O Cardeal pediu aos sacerdotes que permaneçam sempre fiéis a seu dever sacerdotal e que não celebrem a Eucaristia como “uma rotina”, permanecendo “fiéis à sua vocação”, e se beneficiem dos programas de formação permanente oferecidos pela Conferência Episcopal das Filipinas.
Entre as figuras que podem inspirar o clero de Mindanao, está o jesuíta italiano pe. Francesco Palliola, de quem foi iniciado o processo diocesano para a beatificação em Dipolog, na ilha de Mindanao. O padre, enviado com uma missão de 40 jesuítas às Filipinas, serviu o Evangelho na ilha e foi martirizado aos 35 anos em Ponot, agora a cidade Jose S. Dalman, em 29 de janeiro de 1648. (PA) (Agência Fides 23/2/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network