ÁSIA/CHINA - Ser o rosto do Senhor misericordioso na comunidade e na sociedade

Terça, 16 Fevereiro 2016 igrejas locais  

Faith

Pequim (Agência Fides) - A comunidade católica da China viveu o início da Quaresma em comunhão com a Igreja universal e em sintonia particular com o Jubileu da Misericórdia, como testemunhado pelas numerosas informações obtidas pela Agência Fides.
Particularmente comovente o rito das cinzas na Paróquia de Chang Shu, da Diocese de Su Zhou, onde um sacerdote idoso, de 98 anos, impôs as cinzas a centenas de fieis. Durante a homilia, o pároco encorajou os presentes a empreenderem o caminho da Quaresma: “jejum, oração, obras de misericórdia e alegria da fé são os elementos fundamentais para viver a Quaresma. Assim, podemos nos renovar e nos converter a Deus Pai que nos acolhe sempre”.
Para responder às exigências dos fieis trabalhadores, a Paróquia de Santo Antônio da cidade de Shen Zhen celebrou a imposição das cinzas no domingo, 14 de fevereiro, antes da Quaresma. O pároco manifestou o desejo de que “a misericórdia do Senhor chegue ao maior número possível de fieis”.
A catedral da Diocese de Wen Zhou iniciou o caminho quaresmal com um rito espiritual. Mais de 400 fieis, que estão de férias para festejar o Ano Novo Chinês, participaram do rito nos dias 10 e 11 de fevereiro, durante o qual refletiram sobre a Misericordiae Vultus, Bula de convocação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, e a carta pastoral do bispo diocesano a fim de “viver a Quaresma do Ano da Misericórdia, para ser o rosto do Senhor misericordioso na comunidade e na sociedade”.
De 25 a 29 de janeiro, os sacerdotes da comunidade de Jiang Xi se encontraram para um retiro espiritual em vista da Quaresma. O tema central foi “Renovados no Senhor para responder ao chamado de misericórdia do Senhor concretamente”. (NZ) (Agência Fides 2016/02/16)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network