ÁSIA/ÍNDIA - No Ano santo, dois novos sacerdotes em Orissa, palco de violência anticristã

Quarta, 10 Fevereiro 2016 igrejas locais   perseguições   hinduísmo  

Os dois novos sacerdotes com o bispo

Bhubaneswar (Agência Fides) – “Um dom e uma bênção, no Ano da Misericórdia”: assim, o Arcebispo de Cuttack-Bhubaneswar, em Orissa, Dom John Barwa, definiu os dois novos padres ordenados no distrito de Kandhamal, que foi palco de horríveis violências anticristãs. Como apurado pela Fides, trata-se de dois frades franciscanos capuchinhos: fr. Bonifacio Kanhar OFM Cap e fr. Chandulal Baliarsingh OFM Cap, que foram ordenados por Dom Barwa em 8 de fevereiro em Simon Badi, no distrito de Kandhamal, parte da diocese de Cuttack-Bhubaneswar. Os novos sacerdotes pertencem à província capuchinha de Andhra-Orissa. Participaram da celebração da ordenação cerca de 50 sacerdotes e mais de 1500 fiéis.
Ambos os sacerdotes provêm justamente do território de Kandhamal, lugar aonde em 2008 se registrou a pior violência anticristã na história da Índia moderna. A violência específica contra cristãos durou quase quatro meses e deixou mais de 90 vítimas, deixando 50.000 sem-teto.
O Arcebispo Barwa recordou que “todos somos chamados a ser instrumentos da misericórdia de Deus. Também os fr. Kanhar e Baliarsingh e suas famílias foram atingidos pela violência. Sua reação foi a misericórdia”.
“Agradeço a Deus pelo dom do sacerdócio para mim e para a Igreja” disse o padre Kanhar recordando os tempos difíceis da perseguição de 2008. Sua irmã mais jovem é uma religiosa de São José de Annecy e seu tio é sacerdote da diocese de Cuttack-Bhubaneswar.
“Agradecemos os nossos pais, familiares e os sacerdotes que nos encorajaram a seguir esta vocação durante os anos. Pedimos a todos que rezem por nós, para que possamos servir a Deus e a Igreja com misericórdia”, disse o padre Boliarsingh.
(SD-PA) (Agência Fides 10/2/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network