AMÉRICA/REPÚBLICA DOMINICANA - “Nós nos lamentamos da corrupção, mas nos esquecemos do trabalho e da honestidade”, afirma Dom De la Rosa

Quinta, 4 Fevereiro 2016 bispos   violência   grupos armados  

O Arcebispo emérito da Arquidiocese de Santiago de los Caballeros (RD), Dom Ramón Benito de La Rosa y Carpio

Santo Domingo (Agência Fides) – O Arcebispo emérito da Arquidiocese de Santiago de los Caballeros (RD), Dom Ramón Benito de La Rosa y Carpio, criticou os que enriqueceram ilegal e rapidamente, e ao mesmo tempo querem rebaixar o trabalho sério e honesto. O Arcebispo participou de uma transmissão televisiva de uma emissora local para comentar a situação que vive o país.
"Todos nos lamentamos da corrupção, mas as pessoas se esquecem do trabalho e da honestidade", disse Dom De la Rosa, destacando que é muito triste saber que existem pessoas que hoje não querem trabalhar de modo honesto. "O trabalho e a honestidade não são algo superado, a geração que se esquece disso é uma geração que não viverá bem", reiterou. O Arcebispo insistiu sobre o fato de que é muito desagradável ver a inversão de valores na República Dominicana, onde muitas pessoas querem obter riqueza com o mínimo esforço e muito rapidamente.
Segundo os dados coletados por Fides, na sociedade dominicana está se afirmando um modelo social negativo, caracterizado pela violência e a criminalidade organizada, em que está em aumento também a delinquência nos bairros e até mesmo nas escolas. Os jovens preferem o caminho fácil da criminalidade organizada ao estudo e ao trabalho honesto.
(CE) (Agência Fides, 04/02/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network