ÁFRICA/TANZÂNIA - “Que a situação de Zanzibar não leve todo o país ao caos”, afirma Dom Ruwa’ichi

Sábado, 30 Janeiro 2016 eleições   bispos  

Dar es Salaam (Agência Fides) - “Devemos rezar para que reine a paz e para que o impasse em Zanzibar não acabe por nos dividir. Se Zanzibar cair no caos, o restante do país não estará seguro; rezem a Deus para que nos salve de toda divisão que possa nos privar da paz”, afirmou Dom Jude Thadaeus Ruwa’ichi, Arcebispo de Mwanza, durante a cerimônia de posse do novo Bispo de Mtwara, Dom Titus Mdoe.
No rito estava presente Jenister Mhagama, Ministra de Estado do Gabinete do Primeiro-Ministro responsável pelos assuntos parlamentares, o trabalho, os jovens e os deficientes, que expressou apreço em relação a Dom Mdoe. “O governo deposita as suas esperanças em líderes como o senhor, Dom Mdoe. Contamos com líderes religiosos que exortem os tanzanianos a acolher e a promover os ensinamentos religiosos, e nós do governo nos empenhamos para que os cidadãos respeitem as leis e os regulamentos”, disse a Ministra.
No final de outubro, a Comissão Eleitoral Independente da Tanzânia decidiu anular os resultados das eleições presidenciais, legislativas e locais no arquipélago semiautônomo de Zanzibar, pelas “graves irresponsabilidades” verificadas no decorrer da contagem dos votos em 25 de outubro. No restante da Tanzânia, as eleições foram consideradas válidas e John Magufuli foi eleito Presidente do país. A Comissão ordenou repetir o pleito (veja Fides 29/10/2015). Em 22 de janeiro, foi anunciado que as novas eleições se realizarão em 20 de março. Nos últimos anos, Zanzibar foi palco de atentados e de episódios violentos que não pouparam a Igreja Católica (veja Fides 28/2/2014). (L.M.) (Agência Fides 30/1/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network