AMÉRICA/VENEZUELA - O país corre o risco de viver uma crise humanitária na área da saúde

Quarta, 27 Janeiro 2016 saúde  

Pedro

Caracas (Agência Fides) – A carência de remédios e material nas estruturas médicas do país, além da deterioração dos hospitais públicos, continua a colocar em perigo a saúde e a vida dos venezuelanos. A Assembleia Nacional, composta pela maioria da oposição, num debate recente sobre a crise no setor da saúde referiu testemunhos de familiares de pessoas mortas pela penúria de remédios. Segundo a Federação Farmacêutica da Venezuela, faltam cerca de 80% dos remédios. Enquanto o governo afirma que a Venezuela tem o mais alto consumo pro capite de medicamentos da região e que os remédios chegam de países da fronteira, a oposição diz que não foram distribuídos em tempo os recursos para a importação de remédios e material médico. (AP) (27/1/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network