AMÉRICA/ARGENTINA - “Cura Brochero, exemplo da Argentina que queremos”: o presidente Macri encontra a Igreja local

Quarta, 27 Janeiro 2016 política   bispos   evangelização  

"Semana Brocheriana 2016"

Villa Brochero (Agência Fides) – A missa de encerramento da anual "Semana Brocheriana", celebrada em 26 de janeiro, foi a ocasião para o encontro entre o novo Presidente Mauricio Macri com os principais representantes da Igreja argentina, guiados pelo Cardeal Mario Poli, Arcebispo de Buenos Aires. Villa Cura Brochero, Córdoba, a cerca de 820 quilômetros da capital, local onde nasceu e atuou o sacerdote José Gabriel del Rosario Brochero (1840-1914), conhecido como “cura” Brochero, muito amado pelos argentinos, acolheu cerca de 4.000 fiéis, entusiasmados com a notícia da próxima canonização do sacerdote que doou a sua vida aos gauchos (veja Fides 25/01/2016).
A "Semana Brocheriana" se realizou de 16 a 26 de janeiro e teve como tema principal: "Con Brochero, seamos Misericordiosos como nuestro Padre Dios". O Presidente Macri, acolhido por um aplauso respeitoso, participou da celebração conclusiva acompanhado de alguns ministros do seu governo. "Brochero é o exemplo da Argentina que queremos. Ele investiu no futuro, acreditava nas pessoas de Córdoba, trabalhou junto às pessoas, foi um homem positivo, sempre acreditou naquilo que fez e isso é aquilo de que precisamos, apostar no futuro", comentou o presidente depois da Missa, segundo a nota enviada a Fides.
Na missa de encerramento da Semana, o Card. Poli destacou o trabalho pastoral desempenhado pelo sacerdote, insistindo de modo especial sobre a necessidade de imitar a sua “proximidade” às pessoas, elemento que sempre caracterizou cura Brochero. Ele também destacou a sua integridade: "os seus poucos bens os administrou honestamente e não ficou preso a nada. Pelo contrário, convidava os seus amigos a ajudarem os pobres". Por fim, recordou um dos sonhos do sacerdote: ver chegar a ferrovia a Córdoba, e "talvez um dia este sonho se realizará", destacou o Cardeal.
A imprensa local comentou positivamente o gesto de proximidade do Presidente, auspiciando o início de uma nova etapa nas relações entre a Igreja e o Governo.
(CE) (Agência Fides, 27/01/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network