ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - Bispos do Sudão e do Sudão do Sul: “redobrar os esforços para a paz em nossos países”

Terça, 26 Janeiro 2016 paz   bispos  

Juba, capital do Sudão do Sul

Roma (Agência Fides) - A comunidade internacional deve desenvolver planos alternativos se acordos de paz entre o Governo do Sudão do Sul e a oposição armada fracassarem. É o que pedem os Bispos do Sudão do Sul e Sudão, no final de seu encontro extraordinário realizado recentemente em Roma.
Apesar dos acordos assinados nos últimos meses pelo governo do presidente Salva Kiir e os guerrilheiros, liderados pelo ex-vice-presidente Riek Machar, os combates continuam em alguns estados da Federação do Sul do Sudão.
Os bispos estão preocupados que o processo de paz possa falir, o que levaria o Sudão do Sul a mergulhar na categoria dos “Estados falidos” ou seja, Estados sem governo e com instituições que não funcionam, que se tornam alvos de gangues armadas e grupos guerrilheiros. Os Bispos também pedem novos esforços para restabelecer a paz nos estados do Sudão onde há revoltas armadas ativas, em Darfur, Nilo Azul, em Kordofan do Sul, lamentando a retomada do ataques aéreos neste último. (L.M.) (Agência Fides 26/01/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network